Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Marie is losing the plot

27
Dez18

Uma das cartas que nunca saíram da gaveta

Ana, 

Nunca tive muitos amigos. E para mim os amigos  são o mais importante que se pode ter neste mundo. Há uma afinidade que se cria de uma forma inexplicável. Uma decisão que nem sempre é feita por nos, mas pelas circunstâncias. Os amigos são a família que se pode escolher, não é o que dizem? 

 

Chegaste de mansinho à minha vida, deixei-te entrar, mesmo que tenhas entrado sem bater.  Agora que tenho a frieza de poder olhar com distância , vejo que não devia ter sido tão ingénua. Mas já la vamos. 


Fomos amigas durante um ano: passei a maior parte desse tempo contigo. Rimos e choramos, partilhamos a nossa existência. Éramos inquestionavelmente amigas. Ou assim pensava eu. 


Fizeste as tuas escolhas, afastamos-nos, não só geograficamente, mas emocionalmente, e para isso não há desculpas. 

 

Ao longo do tempo fui percebendo as pontas soltas que ias deixando. É natural que alguém tão inseguro como tu minta para ser aceite. Não me importei com isso, mas passando a fase inicial, as mentiras para alem de serem óbvias eram também escusadas. Contavas a tua versão da historia, e se essa não te convinha, romantizava-la. 

 


Saíste do meu circulo de amigos, saíste da minha vida, e mesmo assim , aqui estou eu a escrever-te. Irónico, não é?  Sabes porque? Não sei  em que gaveta arrumar pessoas como tu! Não estou habituada a ter pessoas falsas como amigas. com quem partilho o meu tempo e a minha vida. Ao invés, lido com elas o estritamente necessário. 

 

E quando ainda me falam de ti , respondo sempre que te desejo o melhor. E é verdade!
Não te tenho rancor, não te tenho ódio. Quero só que te mantenhas afastada de mim. Já me magoaste uma vez e eu curei-me de ti. Por mim. Porque eu resolvo-me a mim própria e não preciso de estratagemas. 

A partir de hoje, quando mencionarem o teu nome, vou resignar-me ao silencio, porque pelo respeito que tenho por mim é isso que tu mereces. 

 

24 de Agosto de 2018

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D